Kabbalah e o Feminino

Na história da Criação do mundo a mulher surge da costela de Adam. ELA é tentada pela Serpente, e a partir daí, escreve o destino de todas as mulheres.

Para a Cabala, é esta MULHER-FEMININO que começa a escrever a Historia... 

Graças a ELA, as FORÇAS livres da Criação se revelam e a Serpente se faz presente e realiza a sua MISSÃO, permitindo que ELA, a mulher, também realize a sua, simplesmente receba – enquanto Adam assiste e realiza aquilo que ELA, Eva,  DETERMINA.

DA QUEDA ATÉ O DESERTO, ENCONTRAMOS A TENDA DE SARA, na qual as mulheres necessitam entrar, para descobrir os mistérios da criação.

Uma vez dentro da Tenda, protegidas dos ADVERSÁRIOS, cada uma pode mergulhar na sua escuridão - no CAOS HORMONAL-  no reencontro com a LUZ e para que possam se descobrir.

A TENDA é o convite para entrar e descansar, sair do EXTERNO, sentir-se acolhida e nutrida. DES-COBRIR-SE. 

MEDITAR, ORAR, ENTRAR – entrar cada vez mais dentro de si. 

É um convite para uma TESHUVÁ (retorno) ao útero, a TENDA é a casa, o mundo, a vasilha. CAPTA, GUARDA, RECEBE, ACOLHE, CUIDA, CONHECE, REFINA e TRANSFORMA. É aqui que podemos PERTENCER, RECONECTAR-se ao SAGRADO. Reestabelecer o EQUILÍBRIO dos opostos.

Nos apresentamos a nós mesmas.  

 

SARA é aquela que se entrega e que morre – entra na NUKVÁ, no FEMININO, na COVA  e RENASCE para RECONECTAR-SE com o DIVINO. ELA vence a Serpente!

QUEM SOMOS NÓS? QUAIS SÃO OS NOSSOS DESEJOS? ONDE ESTAMOS?

Vivemos numa correria desenfreada, num tempo sem TEMPLO, sem ESPAÇO! Vivemos numa Ação Masculina e no descontrole do RECEBER. Um CAOS!

 

Criar Tempo/Espaço é entrar na Tenda pra lutar e elevar a Serpente, tornar-se Uma MULHER VIRTUOSA.

 

Do CAOS à UNIDADE. 

Descobrir nossa missão é curar-nos: encontrar O QUE e QUEM somos.

 

De uma forma sincera e REAL, vamos juntas descobrir o papel da mulher, tanto no nível  espiritual quanto no contexto geral. Tirar os véus da tradição literal e revelar o oculto que nos pertence.

 

0
0
0
s2sdefault