Quem determina nosso destino? (astrologia)

Cada mês carrega uma energia de um signo. Tudo pode ser visto como filtros. Hoje quando você acordar você está no Tempo X, isto é, no mês tal, dia tal e hora tal, para a Kabbalah cada um destes locais, tempos, são como véus, filtros da luz. Quando a luz passa por estes filtros, data hora e local – passa pelos filtros de signo e planeta, a luz Divina ganha um colorido especial para cada pessoa, pois cada um digere de suas maneira. Assim como toda a astrologia o mapa astrológico mostra a foto do céu no momento de seu nascimento, mostrando características de sua personalidade mais intima, assim como também aponta caminhos para a transformação – o nosso tikun. 

Cada signo traz uma energia e uma oportunidade de vivermos melhor aquele momento, corrigirmos e andarmos conforme a energia e inteligência cósmica.

D’us criou tudo através do alfabeto sagrado – as letras hebraicas e é através delas que vamos nos ligar com as energias corretas de cada mês. As letras criaram as energias dos signos e planetas.

E as ferramentas que temos para captar a melhor energia são as letras hebraicas que, conforme já aprendemos, não são apenas letras em uma linguagem. Um dos maiores erros da humanidade foi achar que essas formas são simplesmente símbolos para uma linguagem chamada hebraico, de uso exclusivo do povo judeu. As letras hebraicas antecederam todas as religiões. De acordo com a Kabbalah, cada letra é na realidade uma entidade espiritual que teve participação na criação do Universo e dos planetas físicos. Cada planeta e cada signo estão associados a uma letra hebraica que os controlam, portanto, a cada mês, temos duas letras correspondentes ao período. Entendendo qual letra hebraica pode controlar cada força astrológica, podemos nos conectar a esse poder e nos elevar acima do destino com o qual nascemos. Esse é o poder das letras hebraicas: elas nos dão a energia para estarmos no lugar certo, no momento certo e de encontrar a pessoa certa no momento certo.

Nosso objetivo, ao estudar astrologia Kabbalística não é nos estimular intelectualmente, mas nos dar ferramentas reais para compreendermos e entendermos o porquê por trás das características que nos motivam, e mais importante, utilizando o acesso que cada letra hebraica pode nos dar, absorver a energia interna necessária para que possamos corrigir os obstáculos que nos perturbaram em encarnações prévias, e remover o caos de nossas vidas

 

Todos nós, em algum momento da vida, nos questionamos sobre nosso próprio destino: temos habilidade e livre arbítrio para mudar nosso destino ou a vida se desenrola de acordo com um plano preestabelecido? 

Para elucidar esta questão, a Kabbalah utiliza o seguinte exemplo: imagine que você vai a um desses cinemas de múltiplas salas para assistir a um filme. Você compra o ingresso, seu saco de pipocas, entra, senta e começa a assistir ao filme. Rapidamente você percebe que se trata de um filme muito ruim. Então, você muda para uma outra sala. Este filme agora é muito melhor.

Sua liberdade nesta situação era sobre a escolha do filme, mas não sobre o filme propriamente dito. O filme estava predeterminado, o roteiro já estava escrito sem que você pudesse alterá-lo.

A vida é como um filme, e a realidade é muito semelhante ao cinema com múltiplas salas. Uma versão diferente de nossas vidas está acontecendo simultaneamente em um universo paralelo. Todos os universos possíveis existem. Todos os filmes estão passando ao mesmo tempo. Não temos a liberdade para alterar o filme no qual estamos, mas temos o livre arbítrio para mudar de cinema, mudar de universo. Não podemos com isso mudar o mundo, mas podemos mudar o nosso mundo, mudando para um universo onde possamos encontrar situações e eventos que estejam mais alinhados com os nossos desejos. Mas a maioria de nós permanece preso na armadilha do velho filme ruim durante toda a nossa vida. Então, como mudar de filme? Transformando nossa natureza reativa em proativa. Agir, e não reagir; assumirmos a responsabilidade e o controle sobre nossas vidas. Tudo começa em nós mesmos. A transformação de nosso próprio caráter é o mecanismo através do qual mudamos de universos . Cada mudança interior nos leva a uma nova realidade e cada nova realidade é um filme que contém um roteiro de maior realização . Em termos práticos, cada novo filme nos oferece a possibilidade de uma vida melhor.

O Zohar é muito claro sobre este assunto aqueles que escolherem o caminho da mudança espiritual irão encontrar a si mesmos no universo dos abençoados. Eles alcançarão realização e um sentido na vida. Ambas as realidades irão correr lado a lado. Ambas as opções estão sempre abertas para nós. A escolha é nossa.

  

 

0
0
0
s2sdefault