O Jogo da Vida

Estamos diariamente desejando a vitória e o sucesso em nossas vidas, como um jogo de futebol, entramos no campo para competir e ganhar.

Tudo é perfeito, estamos prontos fisicamente, temos conhecimento do esquema, conhecemos o campo, o time contrário, a torcida ...mas algo acaba dando errado e perdemos a partida.

Podemos pensar em várias possibilidades, mas o que percebemos é que quando nos achamos tão prontos e vemos a partida já ganha, relaxamos na nossa confiança e fé,afinal a partida está ganha!! E aqui está nosso maior adversário e inimigo, a nossa própria mente.

Quando a mente cria situações onde deixamos de lado a força de direção, permitimos que outras energias e realidades possam aparecer e o destino muda.

Parece surpresa, algo vindo de fora! Sorte do adversário, mas não... foi você mesmo que acabou com a partida.

Este inimigo tem nome e chama Ego, e ele age como uma força de não a cão, de relaxamento e entrada em uma zona de não movimento. Ele nos desconecta de um todo e acaba por alimentar estruturas não vistas que se chamam de Klipot ( cascas).

Você precisa fazer a diferença e colocar sua atenção em outra direção.

FAZER A DIFERENÇA!!!!!!  

"Fazer a diferença" é dar aquela contribuição única, no momento certo, que gera os resultados esperados. As metas a atingir são um referencial básico. As metas são nossos sonhos impregnados de intenção de realização. Agora temos que "construir os alicerces", que são a nossa competência. 

Conhecer-se é a base desta etapa. Quem sou eu? Esta é uma pergunta 

perturbadora para muitos, pois nos remete a essência do nosso ser. Neste 

mundo em que todos ansiamos por mais qualidade de vida, junto com sermos 

fortes e competentes, conhecer nossos potenciais e áreas a serem melhoradas 

é fundamental, para que o sonho se realize. 

Cada um de nos trás um conjunto único de características: a nossa forma de pensar, de sentir e de agir é única. E precisamos conhecer isto muito bem, na busca de nossas metas, na busca de fazer a diferença.  

Para você se conhecer, avalie como observador imparcial os diversos papeis que exerce em diferentes situações. Aprenda a se ouvir e perceber sua fala e ação. Observar o momento em que o Jogo da Vida pode começara  perder é fundamental, pois é quando “baixamos a guarda”. Penetre agora nas diversas dimensões de seu ser: você tem uma dimensão física, o seu corpo material. Você também tem um dimensão emocional e espiritual. Procure ver o que existe de potenciais e de dificuldades em cada uma destas dimensões. 

 

0
0
0
s2sdefault